Menu
Your Cart

Teste

Termos e Condições

INFORMATIVO: AUTORIZAÇÃO DE DEVOLUÇÃO DE MERCADORIA. (ADM)


Return Merchandise Authorization (RMA) ou Autorização de Devolução de Mercadoria (ADM) é uma transação onde o comprador envia o material defeituoso para o fornecedor de forma a obter uma reparação do produto ou um novo, ou para poder adquirir um outro produto ou ter esse valor levado a crédito para utilização em uma futura compra. Todos os nossos produtos são resguardados de garantia de fabrica por nossos fornecedores. Após beneficiado nossos materiais tem garantia conforme o boletim técnico do mesmo. Assim a partir desta data todas as devoluções (RMA) obedecerão os seguintes critérios:

        1.   Informar ao SAC pelo telefone (44 3013-1777) ou e-mail sac.mga@unitrama.com.br o problema ocorrido e o número da nota fiscal que originou a compra, seguido de imagens digitais do defeito. Feito isso nossos colaboradores orientarão o cliente no procedimento correto para a devolução               ou troca dos produtos.

        2.    A aceitação da devolução não implica necessariamente na obtenção de crédito, uma vez que os produtos devolvidos passarão ainda por análise técnica. No caso de ter sido usado o material parcialmente o credito será concedido apenas do material apresentado defeito. O setor de RMA tem                até 30 dias para responder a solicitação.

        3.    Após receber a autorização o cliente deverá emitir nota de devolução/troca conforme o caso e proceder o envio da mercadoria através de transportadora ou ate mesmo pelo nosso próprio carrode entrega nesse caso combinando a retirada com nosso RMA.


        a. Artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor - Lei 8078/90

Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.
§ 1° Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:
I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso;
II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;
III - o abatimento proporcional do preço.
§ 2° Poderão as partes convencionar a redução ou ampliação do prazo previsto no parágrafo anterior, não podendo ser inferior a sete nem superior a cento e oitenta dias. Nos contratos de adesão, a cláusula de prazo deverá ser convencionada em separado, por meio de manifestação expressa do consumidor.
§ 3° O consumidor poderá fazer uso imediato das alternativas do § 1° deste artigo sempre que, em características do produto, diminuir-lhe o valor ou se tratar de produto essencial.
§ 4° Tendo o consumidor optado pela alternativa do inciso I do § 1° deste artigo, e não sendo possível a substituição do bem, poderá haver substituição por outro de espécie, marca ou modelo diversos, mediante complementação ou restituição de eventual diferença de preço, sem prejuízo do disposto nos incisos II e III do § 1° deste artigo.
§ 5° No caso de fornecimento de produtos in natura, será responsável perante o consumidor o fornecedor imediato, exceto quando identificado claramente seu produtor.
§ 6° São impróprios ao uso e consumo:
I - os produtos cujos prazos de validade estejam vencidos;
II - os produtos deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação;
III - os produtos que, por qualquer motivo, se revelem inadequados ao fim a que se destinam.


Situações que caracterizam a perda de garantia de nossos produtos:

a. A mercadoria não consta na relação de produtos adquiridos pelo cliente nos últimos 365 dias;

b. Produto está na relação, porém tem fabricação diferente de nossos fornecedores;

c. Produto não usado de maneira adequada e conforme boletim técnico do fabricante.

d. Danos causados por transporte indevido.

e. Os produtos deverão estar acompanhados de sua embalagem de origem; no caso de Adesivos em suas caixas originais e no caso das lonas em suas barricas originais. Chapas de ACM, PVC, Acrílico e Plastiondas consultar R.M.A.

f. Produto sem etiqueta de identificação;


IMPORTANTE. A devolução deve impreterivelmente corresponder ao CNPJ da compra.


2. Uma vez aceita a devolução é direito do cliente:

        a.    Receber a substituição dos produtos por outros iguais; Na possibilidade de não haver em estoque o mesmo produto, deverá ser anotado no conta corrente do cliente o crédito dos produtos apontados pela nota de entrada dos mesmos;

        b.   Esse crédito a rigor deverá ser utilizado em compras futuras salvo autorização competente.

        c.    Importante. O crédito na aquisição de outros produtos diferentes aos devolvidos implicará no pagamento da diferença entre o devolvido e o novo e no caso contrário caberá ao cliente um saldo para utilização futura, sabendo-se que o crédito é no valor correspondente ao da data da compra                e jamais pelo valor atual.


3. As mercadorias recebidas em desacordo ou que forem recusadas serão enviadas ao cliente juntamente com um novo pedido do cliente ou separadamente nesse caso sempre com frete a cobrar.


A DIRETORIA.