Com o crescimento de produção de fachadas de ACM e revestimentos imobiliários muitas empresas que não eram do ramo de comunicação visual enxergaram uma brecha para aumentar seu faturamentos, porém, a baixa experiencia no seguimento e o oportunismo fizeram com que muitos novos distribuidores de ACM inflassem o mercado com material de qualidade inferior.

Mas que tanto exatamente o material de fato é inferior? Como todos do seguimento sabem, o ACM é uma laminação com chapas de alumínio (pintado ou anodizado) em um miolo termoplástico de polietileno de baixa densidade. A chapa pode variar de espessura, sendo que, cada espessura é determinada para o tipo de serviço e fabricação, o que mais se vê no mercado são as chapas de 3mm com pintura poliéster. Durante a fabricação da chapa o fornecedor pode usar a chapa de alumínio de diferentes espessuras variando de 0,15mm ate 0,30mm, o miolo da chapa de polietileno deve ser puro e de apenas uma extrusão.


Hoje uma chapa de ACM de boa qualidade e que se tem garantia é constituída de chapas de alumínio de 0,21mm frente e costas, com pintura poliéster na frente, pintura que o fabricante concede garantia se usada e mantida nas condições corretas de uso. O miolo além de ser puro e de uma extrusão, deve ser inquebrável, já que o mesmo é usado para revestimento e com grande frequência é tupiado, fresado e calandrado pelo cliente.


Mas como se sabe dessas todas qualidades do ACM ? Seu fornecedor te informa que o material dele é com alumínio 0,21mm ? Que o miolo é inquebrável ? Ele te da garantia ? Como chegamos nessa reflexão ?


Hoje o ACM de boa qualidade tem a mesma variação de preço mudando apenas em algumas regiões onde se tem variação devido a impostos ou transportes, o que te oferecem mais barato é material de qualidade duvidosa, não existe mágica ou formula milagrosa. Em visitas a fabricas de ACM pela Ásia, muitas das fabricas oferecem o material com o custo de compra menor, onde o próprio fornecedor deixa claro que o material dele é 0,17mm frente e verso , com miolo quebrável e o pior de tudo, o material NÃO TEM GARANTIA, sendo que você está comprando um material de procedência importada, mas sem respaldo algum do fornecedor.


Agora vamos ao efeito Dominó:

O Distribuidor que é novo, não tem a devida experiencia correta no mercado de comunicação visual recebe a visita de um Importador ou uma Trading que oferece o ACM 0,21mm com miolo inquebrável, não cita a garantia e sim apenas a durabilidade e além de tudo passa o preço do material de 0,17mm. O comprador se encanta com a oportunidade de trabalho, mas essa falta de experiencia, faz com o que o mesmo não teste o material que o fornecedor te ofereceu, e sendo assim, realiza a compra. Quando chega o material, ele vai ser ofertado com o preço bem abaixo da concorrência.


Mas aonde está o gato por lebre ?


Quando a empresa de comunicação visual for vender a fachada de ACM para um comerciante,  seu cliente está ciente que a fachada que vai ser entregue, vai ficar muito bonita visivelmente, vai ser a roupa que vai realçar seu negocio... MAS, que a durabilidade do ACM vai ser baixa, como o alumínio é 0,17mm, ele vai estar todo ondulado na fachada, como o miolo é quebrável a chance dele delaminar na fachada é imensa. Porém ainda temos a cereja do bolo, que é a garantia. Quando a empresa que instalou a fachada for solicitar esta garantia ao seu fornecedor, ele vai "correr" e a garantia que não foi informada pelo importador não vai existir e o prejuízo vai ficar para quem não se precaveu ou achou que o barato valia a pena.

Por fim, material com qualidade é certificado, duvide do barato, peça a garantia, e caso você tiver um paquímetro, meça o alumínio da chapa. Teste o material, faça o corte de tupia e veja se a chapa quebra quando faz a bandeja.


Não compre gato por lebre.


Cristhian Baltieri

Gerente Comercial e Desenvolvimento de Produtos.